Pages

  • Twitter
  • Facebook

7 de janeiro de 2010

Extravasar

Nenhum comentário:
 

E não posso negar que perdi as cordas da razão, e joguei pro alto uma solução: esconder meus problemas de baixo do colchão.
Também não posso negar que me escondi das cores e tons da primavera, que esqueci de podar os arbustos que cobriram meus muros, mas queimei muito bem, as ervas daninhas que insistiam em tocar em estilos de veneno.
Baixei a guarda completamente, pensando me recuperar com novas dádivas, mas agora é impossível, com meu céu repleto de nuvens, sem brilhos ou estrelas.
Toquei meu solo com o violão de cordas de barbante e rodopiei até o Sol aparecer e girar, caindo sobre a grama molhada de orvalho.
E deixei de negar, que o arco-íris não tem fim e que era bem melhor pra mim, ter acreditado nas verdades do amor.

Nenhum comentário:

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff